quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

V&A Museum







Meu passeio de domingo foi tudo de bom. Costumo demorar uns 3 minutos para entrar no 'clima de museu', sim, porque ir a um espaço desses demanda uma energia diferente, você precisa abrir seus canais de comunicação com a história do mundo, permitir-se viajar por outras civilizações. E por todas elas, os povos estão sempre se expressando através de manifestações artísticas. Por que?
Embora eu seja metida a falar de artes plásticas, não sou perita no assunto, minha formação é em Artes Cênicas, não Belas Artes, portanto, tudo que relato aqui são minhas próprias impressões, o que a meu ver é o objetivo de um blog. Falando em impressões, nada impressiona mais que as esculturas do Rodin; nossa, é de tirar o fôlego. Quanta beleza e fidelidade à forma humana, você se sente arrebatado pela obra e não tenta entender nada, só aprecia, fica perplexo e sente uma emoção diferente, indescritível.
As esculturas são sempre meu ponto fraco, eu viajo nas formas e fico imaginando o quão mágico não foi o momento da sua produção e de quanta inspiração foi tomado o artista no momento da criação. Sem palavras.

3 comentários:

roberta disse...

nossa Ca que passeio hein ,eu sou capaz de chorar diante dessas obras ,perfeito.
bjim

carina gomes disse...

É, o museu é lindo e ainda por cima de graça, dá p acreditar? Várias esculturas do Rodin e outros artistas, vc fica deslumbrado.
Bjs

Hello Birth disse...

É, amiga. Você estava super inspirada quando escreveu este post. Lindas palavras para descrever o que o ser humano consegue fazer de mais sublime: a arte.
Parabéns.
Beijos.