segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Londres, Londres, London! Vou te devorar, se não você me devora! É, o mundo é muito maior do que minha singela vidinha em São Francisco e o quintal da casa que eu cresci...eu achava que sabia muitas coisas, mais ainda há muito para provar...

Meus primeiros dias nesta terra foram para me maravilhar e aterrorizar, como a Tragédia Grega, mistura de emoções, você se encanta e se apavora. Queria conhecer tudo, as pessoas, seus hábitos...explorar cada centímetro, desbravar os melhores lugares como Hampstead e Richmond, mas também saber da simplicidade cotidiana: como era o mercado, a farmácia e a padaria. Padaria? Não tem padaria. No máximo uma boulangerie francesa com o pãozinho a 4 pounds. E é mais ou menos por aí que tudo começa a mudar, o que era de um jeito no Brasil, aqui tem que ser de outro, a empregada, essa figura tão presente na vida da classe média brasileira, que deixava minha casa brilhando...aqui se chama Carinette (com dois "t" mesmo, à moda suburbana brasileira)! Euzinha mesma com my husband, lavando, passando e cozinhando com o clássico charme inglês.

Um comentário:

augus disse...

I liked your blog, I invite you to follow me, kisses